Angústia feminina

Oi feministas tudo bem ? 

Resolvi escrever hoje por uma angústia que estou passando e que acho que é tipica da mulher moderna. O trabalho e os filhos.


Eu ainda não tenho filhos, mas quero ter em breve. E estou super preocupada porque o meu noivo ainda não ganha e nem sei se vai ganhar o suficiente para sustentar a mim e aos filhos, ou seja, não vou poder parar de trabalhar pra cuidar dos meus filhos. E isso me angustia enormemente ! Como é que eu vou poder ir pro trabalho e deixar outra pessoa cuidar dos meu filho pequeno ? E se a babá fizer mal pra ele ? Gente como eu quero poder estar junto pra cuidar dos meus filhos pelo menos até eles entrarem na escola. Não quero abandonar a minha profissão, mas quero poder cuidar dos meus filhos. Acho que é o dever e a felicidade de uma mãe. Isso é o lado mulher-mãe que grita.



 vem o outro lado, o lado da mulher moderna e profissional : vou abandonar minha carreira pra cuidar de filho ? Mas e a minha carreira, e os meus estudos e tudo o que eu lutei tanto pra conseguir ? E quando eu tentar voltar para o mercado de trabalho depois de anos cuidando de filho, como vai ser ? Será que vai ser dificil ?  Isso é o lado mulher-profissional.

Gente eu tenho essas duas mulheres gritando na minha cabeça e eu nem tenho filho ainda imagina !

Para o homem é mais fácil, sempre foi e sempre será, trabalhar e ter o salário, provendo para a familia sozinho ou dividindo com a esposa, ele sempre vai se preocupar primeiro com a carreira. Não quero dizer que homem nao liga pra familia nao é isso ! Mas pra eles é normal estar com os filhos no final de semana e à noite, é normal que passem o dia trabalhando. Agora para a mãe, eu imagino o sofrimento que seja ter que deixar seu bebê com alguém para poder ir trabalhar.

É a angústia da mulher moderna. Consquistamos muitos direitos, podemos escolher o que seremos, se nos casaremos ou não, se teremos filhos ou não, qual profissão ter. Porém tem coisas que são maiores que isso e nessa parte a mulher é realmente super poderosa, podendo desistir (ou pausar) uma carreira por seus filhos e com certeza não deve ser fácil fazer isso.

Eu sei que tem mulheres que não estão nem ai, que colocam o filho com babá e tudo, cada uma faz o que bem entender. Mas que o filho vai ser muito mais bem cuidado com a mãe ao lado isso vai. E vai ser mais feliz. Tem mãe também que chega em cada super cansada do trabalho e nem liga para o que o filho fez, não tem paciência para conversar com ele, coloca ele em frente a TV e deixa a Rede Globo educá-lo. Depois ele vai procurar más companhias e ninguém sabe de quem é a culpa. Eu me preocupo muito com isso. Eu acho que o feminismo abriu muitas portas e isso é otimo mas muita gente esquece de que o feminismo nos deu escolhas. Não é porque podemos agora ser mães e profissionais que podemos ter tudo ! Não, ninguém pode ter tudo. Isso é ter maturidade, fazer escolhas responsáveis. Se a mulher quer ter uma carreira, ela não é obrigada a ter filhos, ninguém é obrigado a ter filho hoje em dia ! Mas se ela escolhe ter filho, ela tem que assumir a responsabilidade, logico, ela e o marido de cuidar bem dos seus filhos ensinando valores e ensinando a raciocinar e a ser alguém responsável neste mundo. Ter paciencia pra responder as suas perguntas. Estar lá pra quando ele precisar.



Ter a possibilidade de escolher é otimo, mas temos que escolher com responsabilidade e arcar com as consequências.

Da minha parte eu estou tentando ter uma profissao que me permita trabalhar em casa, Deus ajude que eu consiga ! Porque ter feito engenharia não foi uma boa escolha pra ter filho viu… Bom, mais tarde quando eu tiver filho e tiver que lidar com esse problema eu conto pra vcs… por enquanto vou continuando com meus planos de estar livre para cuidar dos meus pequenos.

0 comentários:

Teste Teste Teste

contador grátis

Liga da Feminista

Liga da Feminista

Liga da Feminista Copyright © 2013 - Designer by Papo Garota - Mais Template Mais Template