Sexóloga

Eu sempre tive vontade de ser sexóloga, porque por mais ainda que a sociedade esteja aberta sexo é sempre um tabu. Pode não ser na roda entre amigos, mas passou disso já é algo constrangedor para a maioria das pessoas.
Ano passado eu fiz o Enem e no Sisu me cadastrei pra vaga de psicologia (se eu tivesse colocado para algo em exatas eu tinha conseguido :-( ) para quando em me formar-se em psicologia me especializar em sexologia.
Até porque na cidade onde moro não tem nenhum, poderia alugar uma sala e aconselhar os meus pacientes acho isso muito atrativo para mim porque eu seria autônoma, teria uma agenda a obedecer, e teria pacientes porque isso todo mundo faz.
Quando contei pra minha mãe ela ficou nervosa, me criticou, me perguntou da onde eu tirei essa ideia absurda que não daria certo, aonde já se viu eu fazendo sexologia e blá blá blá.
Aconteceu que eu não consegui a vaga pelo Sisu, acabou saindo uma vaga EAD para Licenciatura em computação no qual estou pelejando.
Ai um belo dia fiquei sabendo que a Laura Muller viria aqui numa feira literária, ai eu fique louca pra ir e LOGICO eu fui!
Quando assisti a palestra dela, o jeito dela explicar e ainda mais, o CONHECIMENTO que ela tem ai veio de novo aquela vontade que estava guardada.
Ai comprei o livro dela, só para ela autografa-lo e eu ter a oportunidade de conversar com ela.
Contei pra ela essa minha vontade, e ela me falou pra mim ir atrás desse sonho, não escutar a minha mãe, que eu poderia fazer enfermagem também, mas se eu quisesse clinicar teria que fazer psicologia.
Então mais uma vez farei ENEM e vou tentar novamente uma vaga pelo Sisu, se não der certo tentarei o PROUNI como aqui não tem terei que tentar em outra cidade e ai vou sem apoio dos meus pais  (eu só falo para eles que quero psicologia) .

1 comentários:

LULEKOBS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Teste Teste Teste

contador grátis

Liga da Feminista

Liga da Feminista

Liga da Feminista Copyright © 2013 - Designer by Papo Garota - Mais Template Mais Template