Mudança no horoscopo

Sabe qual é o seu signo? Se calhar, não. Se calhar, é um bocadinho ao lado. E porquê? Porque um astrónomo norte-americano veio dizer que há um «décimo terceiro» signo e a divisão actual sofre mexidas. O novo signo é o Serpentário.

Quem o diz é o astrónomo Parke Kundle , do Minnesota, nos Estados Unidos. Em entrevista à «NBC», explicou que, por causa da atracção gravitacional que a Lua exerce sobre a Terra, o alinhamento das estrelas foi empurrado em cerca de um mês. Ou seja, a Terra está hoje numa posição diferente em relação ao Sol daquela em que estava há três mil anos quando a astrologia começou a ser estudada.
Como o signo astrológico é determinado pela posição do Sol no dia em que a pessoa nasceu, tudo o que sabe sobre o horóscopo pode estar errado, de acordo com Kundle.
A tese é polémica, e opõe os aqueles que se baseiam na posição dos astros para fazer o horóscopo, e os que se preocupam com a posição actual de estrelas e planetas.
Para conhecer o seu novo signo, basta andar uma casa para trás, mais ou menos. Mas, não espere que ao ler o seu signo numa revista isso vá mudar grande coisa.
O novo mapa da astrologia, de acordo com o astrónomo do Minnesota:

Capricórnio: de 20 de Janeiro a 16 de Fevereiro


Aquário: de 16 de Fevereiro a 11 de Março


Peixes: de 11 Março a 18 de Abril


Carneiro: de 18 de Abril a 13 de Maio


Touro: de 13 de Maio a 21 de Junho


Gémeos: de 21 de Junho a 20 de Julho


Caranguejo: de 20 de Julho a 10 de Agosto


Leão: de 10 de Agosto a 16 de Setembro


Virgem: de 16 de Setembro a 30 de Outubro


Balança: de 30 de Outubro a 23 de Novembro


Escorpião: de 23 a 29 de Novembro


Serpentário: de 29 de Novembro a 17 de Dezembro


Sagitário: de 17 de Dezembro a 20 de Janeiro




Fonte: http://diario.iol.pt/sociedade/astros-zodiaco-signos-mudam-astrologia-tvi24--/1225807-4071.html
 
Matéria do jornal hoje: Há três mil anos, o homem deu nome às constelações e interpretou que a posição dos astros na data do nascimento tinha influência na vida das pessoas. Assim nasceram os 12 signos do zodíaco.







“A astrologia considera a existência de 12 constelações, mas a astronomia sabe que existem 13. A 13ª é a constelação de Ophiuchus", diz o astrônomo Airton Lugarinho.






O astrônomo americano defende justamente que a 13ª constelação seja levada em conta no zodíaco, que passaria a ter mais um signo, o serpentário, entre escorpião e sagitário.






A mudança mexeria com a maioria dos signos. Será que dá para levar essa mudança a sério?






“Talvez esse astrônomo não tenha por intenção consertar a astrologia, talvez tenha por intenção revelar os furos da astrologia”, afirma Airton.






Os astrólogos, que já sabiam da existência da 13ª constelação, não admitem mexer no horóscopo. “O trabalho da astrologia é simbólico, ele trabalha com signos, com símbolos, com a relação simbólica entre esse céu e a vida humana e a essência do que esses signos representam para a vida humana”, explica o astrólogo Maurice Jacoel.






Valéria é leonina e diz que tem todas as características do signo. “O leonino é impetuoso, é corajoso, ele é magnânimo, um pouquinho de orgulho tem também, vaidade, mas assim, impositivo, mas também tem um coração muito generoso, muito amoroso”, diz.






Uma mudança abalaria as convicções dela. “Eu não tenho menor característica de câncer”, garante.






Astrônomos e astrólogos têm opiniões bem diferentes. “O céu não está nem aí para a gente. As estrelas não se arranjaram para determinar a nossa vida”, diz Airton Lugarinho.






“Nós continuamos com os mesmos signos, nada mudou. Tem que nascer de novo”, afirma Maurice Jacoel


Veja a integra no site: http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2011/01/existencia-de-uma-13-constelacao-muda-o-horoscopo-que-conhecemos.html

1 comentários:

31193200 disse...

As pessoas devem abrir a mente para novas teorias. Leiam meu livro CONHEÇA A ASTROLOGIA PARA MELHOR SE CONHECER publicado pela Editora Baraúna e vocês entenderão a diferença entre signo e constelação, acabando de uma vez por todas com suas dúvidas. Nele, lanço uma nova teoria sobre o zodíaco como sendo o próprio campo magnético terrestre originado na formação da Terra e IMUTÁVEL. Na realidade, Serpentário não é um signo e sim uma constelação que está entre Escorpião e Sagitário atualmente. Na formação da Terra se existiu sua influência ele foi incorporada às de Escorpião e Sagitário, ou então ela estava fora da eclíptica (caminho do Sol).
Pedro Cabral Cavalcanti – pcabralcavalcanti@gmail.com

Teste Teste Teste

contador grátis

Liga da Feminista

Liga da Feminista

Liga da Feminista Copyright © 2013 - Designer by Papo Garota - Mais Template Mais Template